Como é feita secagem do café?

 

Entenda como é o processo de secagem do café e quais são as técnicas utilizadas nessa etapa do beneficiamento dos grãos

A secagem do café é parte do processo de beneficiamento do produto. Essa prática é um fator muito importante e influencia diretamente na qualidade final do produto. Há três técnicas adotadas para realizar a secagem do café.

Foto: Floresta Notícias

Secagem do café em terreiros (terra, concreto ou asfalto)

Na secagem em terreiros – também chamada de secagem natural – o processo é realizado em áreas com incidência solar. A secagem em terreiros é feita em espaços planos cobertos de cimento, asfalto ou terra batida.

Nessa técnica, os frutos são dispostos em uma cama fina e revolvidos diversas vezes ao dia. A secagem em terreiros pode durar de 10 a 20 dias, sendo finalizada quando a umidade dos frutos atinja entre 11% e 13%.

Foto: Floresta Notícias

Secagem do café em terreiros suspensos

Os terreiros são similares aos terreiros tradicionais, distinguindo do mais comum apenas pela elevação. Afirma-se que essa técnica acelera o processo de secagem do café, demandando metade do tempo gasto com a secagem em terreiros comuns.

Por consequência, a utilização de terreiros suspensos torna o processo mais barato para o produtor. Por não manter contato com o chão, o café retém menos a umidade, atingindo as porcentagens adequadas mais rapidamente.

Imagem: Tecnologia no Campo

Secagem em secadores mecanizados

Os secadores mecanizados são uma forma de secagem do café que, ao contrário da secagem em terreiros, não utiliza o ar e luz naturais para eliminar a umidade dos grãos.

Nessa técnica é feito o uso de ar forçado aquecido a diferentes temperaturas para realizar a secagem. Esse tipo de processo exige um investimento maior por parte do produtor, que deve investir nos equipamentos específicos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

11 Simpatias com café para afastar o mal e trazer um amor próspero

Suspiros de café: leveza, crocância e sabor marcante

Secex: exportações de café em janeiro alcançam 1,255 milhão de sacas