O que é a tradicional ‘crema’ do café espresso?

 

O que é a tradicional ‘crema’ do café espresso?



SÃO PAULO, 1 OUT (ANSA) – Um bom café espresso deve ser caracterizado por uma espécie de espuminha cremosa e densa em sua parte superior, mas nem todos sabem que esse elemento é essencial para preservar as qualidades dessa bebida tipicamente italiana.   

Com uma coloração que remete à avelã, a “crema” (“creme” em italiano) é formada pela emulsão de microbolhas de ar e óleos e, além de distinguir o espresso de outros tipos de café, funciona como uma “tampa” que mantém os aromas e a temperatura da bebida até que ela seja consumida.   

“As microbolhas se formam porque o espresso é um método de preparo em que ocorre a passagem de água quente sob alta pressão pelo café moído de forma bem fina”, explica Frederico Canepa, diretor da illycaffè no Brasil.   

           “Além de proporcionar a sensação única e exclusiva da preparação ‘espresso’, também serve como uma ‘tampa’ que conserva os aromas e temperatura da bebida”, acrescenta.   

O desafio de unir a crema perfeita – como aquela extraída somente pelos melhores baristas em máquinas profissionais – com a praticidade do café em cápsulas foi vencido no início dos anos 2000, com o lançamento do sistema illy Iperespresso, por iniciativa de Andrea Illy. Com este sistema, qualquer um pode obter o mesmo resultado de um barista experiente, mesmo em casa.   

O objetivo da illy era desenvolver cápsulas de espresso que apresentassem uma extração perfeita, com uma espuma mais densa e duradoura, respeitando as características tradicionais da bebida e favorecendo na hora de servir o café para grupos.   

            O segredo da Iperespresso não está na máquina, mas sim na cápsula, que é protegida por cinco patentes internacionais e funciona como uma câmara de extração em duas etapas.   

A primeira é a hiperinfusão, quando a água é retida na cápsula graças a uma válvula no fundo que se abre somente ao atingir a pressão ideal. A segunda é a emulsão, quando o café, passado através da válvula elástica, mistura-se com o ar, criando a crema densa do espresso.   

“Quanto mais densa e duradoura é a crema, melhor. Em muitos sistemas de cápsulas, a crema é pouco densa e muito fina, desaparecendo com rapidez, algo que não ocorre com a Iperespresso, que oferece uma crema densa, duradoura e perfeita, além do sabor e aroma do café illy”, acrescenta Canepa. (ANSA).   


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça Todos os Tipos de Grãos de Café

Conheça Todos os Tipos de Grãos de Café

11 Simpatias com café para afastar o mal e trazer um amor próspero